15.7.09

Desabafo

Depois que casamos passamos a fazer planos para nossas vidas! Lembro-me como se fosse hoje: em uma noite estrelada, agradável, caminhamos pela avenida da nossa mais nova morada, conversamos, conversamos e conversamos... perfeito! Nossos objetivos são os mesmos.
Como o marido já é concursado, decidimos “investir” em mim. Bem, me formei em Direito em 2007, só que decidi não prestar para OAB, já que estava na loucura com os preparativos do casamento, como trabalhava o dia inteiro só me restava a noite, pra ver as coisas do casamento ou pra fazer cursinho preparatório, não tinha como conciliar os dois, além do mais, sou metódica, gosto de tudo planejado.
Então nosso primeiro objetivo passou a ser minha aprovação na OAB e o segundo em um concurso público. Sabíamos que para isso era preciso muita dedicação, como na empresa que eu estava trabalhando não ia bem, já havia pedido recuperação judicial, e que não havia possibilidade deu crescer profissionalmente lá, chegamos a conclusão que o melhor seria eu parar de trabalhar e apenas estudar. E assim eu fiz, parei de trabalhar e comecei a estudar...
Eis que agora me encontro com essa imensa vontade de ser mãe, que me tira o sono, que não me deixa estudar, que passou a ser uma tormenta em minha vida. Ainda não encontrei uma forma de controlar esse desejo ou de esquecê-lo, também não consigo me decidir se essa é a hora certa para termos um filho, tenho muitos, mas muitos medos.
Por incrível que pareça até hoje não consegui conversar com o marido abertamente sobre isto, sei que esta é uma decisão que não devo tomar sozinha, ontem dei uma sondada no marido sobre o assunto. Perguntei: “ Quando você acha que será o momento certo para você se tornar pai?” Ele disse: “Não sei, eu sempre quis ser pai, se fosse pai agora ia amar, eu sempre quis.” Perguntei: “E quando você acha que é o momento certo para nós?” Ele disse: “Pergunta difícil essa sua. Não sei, não sei te dizer... se é daqui um, dois anos, não sei.” Assunto encerrado, nem mais uma pergunta minha, nem dele. Conclui que no momento ele não tem o mesmo desejo que eu, não sei se homem tem esse sentimento, creio que sim. Hoje sei bem a diferença de querer e de desejar. Assim como ele, desde criança eu também sempre quis me tornar mãe, só que hoje é completamente diferente, sinto desejo, parece que falta algo, que não está completo... tão estranho, acho que não sei descrever ao certo.

Cheguei a conclusão que vou ter esquecer, pelo menos por enquanto, mas vou ter que esquecer.

Ah! O fim de semana foi maravilhoso, fomos com os amigos assistir a peça “Hermanoteu na Terra de Godah”, bem se você está afim de dar muitas risadas essa é a peça que te fará sorrir. Com uma forma completamente diferente, eles interagem com o público e com os acontecimentos atuais. Recomendadíssimo.
Bj

9 comentários:

Lizy disse...

Calma que tudo chega na hora...rsrsr
Minha gravidez não foi planejada, se assim posso dizer.
Engravidei a primeira vez sem esperar mesmo, mas perdi o bebê quando estava com 6 semanas e sofremos tanto juntos que vimos que queríamos ter um filho juntos, dois meses depois estava grávida de novo e aqui estou.
Já dá pra imaginar o pq da minha ansiedade em dobro né, mistura de cansaço com alívio, pois só vou relaxar quando olhar pro meu bebê lindo e saudável nos meus braços.
Dia 26 já vou estar com 41 semanas, mais que isso não aguento esperar não rsrsrsrs
bjsss

Greice disse...

Amiga,talvez seje melhor falar com ele abertamente. Quem sabe ele não te falou que gostaria agora ou ano que vem, porque ele acha que voce não quer...

Pensa nisso.

Obrigada pel carinho, espero que eu seje uma ótima mãe.


Bj

Camilinha disse...

oie flor... fiquei muito feliz pela sua visita e em saber que vai me acompanhar nesta etapa maravilhosa....=)
Apesar da minha gravidez não ser planejada estou adorando ... é uma mistuda de emoções uma loucura rs...
Espero que logo logo vc tbm sinta tudo isso.

bjão Cah

Taiza Almeida Godoy disse...

oI LAINE vi que vc passou pelo blog é aassim amigaa ja vai se preparandooooooo rsrrrrs cada dia um susto e uma surpresaa mas que nós adoramos née teu blog ta muito fofo parabénss e nao nos abandone tahh
Bjoss

Helga - Mamãe da Manu disse...

Oi querida..desculpe a demora em te responder..é que aquele blog da mulher paranóica esta meio parado...vamos no comunicar pelo presente de Deus ok...passarei sempre por aqui..e olha..fica tranquila que Deus sabe a hora certa mesmo..bjs e te esperamos..

Helga e Manu

Greice disse...

Amiga, deixei um selinho no meu blog.

Beijo

Coisas de casados disse...

É amiga, Deus sabe a melhor hora mesmo!
Eu e marido fizemos planos de ter um bebê á p/ 2012, mas essa semana ele olhou p/ mim e disse que meus seios estavam enormes e que eu estava com cara de grávida, aff que medo que me deu, ao mesmo tempo fico achando que não já que sempre usamos preservativo. Bom, se não estiver é bom, mas se estiver é melhor ainda já que filhos são bençãos de Deus.Bjs e confie em Deus que sua hora em breve chega.

Eloise disse...

OLA
TB GOSTEI MUITO DO SEU BLOG, ESTOU TÃO ATORDOADA COM O RESULTADO POSITIVO QUE ESTOU ATÉ MEIO FORA DO AR RSRSRS.
QUANTO AO SEU DILEMA, PENSO QUE VÇ DEVE DIZER ABERTAMENTE AO SEU MARIDO ESTE SENTIMENTO QUE VÇ ESTA TENDO, ISSO NÃO É ATOA, SUIGA A SUA INTUIÇÃO
BJS
ELOISE

guarda-roupa de mulher disse...

olá, se tiver um tempinho passa lá no meu blog!